Gelado Perna de Pau / Vanilla&Strawberry Icecream

Memórias, memórias e mais memórias. Tão e somente isto. Aquelas memórias que nos aquecem o coração quando crescemos e nos tornamos pais. Aquela sensação de coração quente, aquela memória que nos faz sentir crianças novamente. Aquela memória que nos faz querer passar aos nossos filhos e transformar em tradição. Memórias…raízes…família.

Anúncios

Hoje é dia dos avós e tenho tantas memórias boas. Lembro-me quando era criança e ia ao café, com a minha avó, comprar o gelado do Pé, mais tarde apaixonei-me pelo Epá e depois pelo Perna de Pau. Gelados básicos e de sabores simples. O sabor e a textura do morango do Perna de Pau é soberbo.

Com as alergias e o hábito de ler rótulos, inevitavelmente, comecei a perceber que metade do que vem nos rótulos é dispensável. Não é impossível reproduzir em casa muitas das coisas que estão embaladas. É ridículo o dinheiro que se gasta em comida pré-feita, como preparados de bolos, misturas de farinhas e afins…no final fica o triplo do preço e dá para menos de metade das vezes, com os gelados é igual. Tanto nos queixamos que não há gelados à venda aptos para alérgicos quando se podem fazer em casa com meia dúzia de ingredientes.

Anúncios

Fazer este gelado é uma jogo de paciência! Não é difícil mas leva tempo, pensem na alegria das crianças e vai valer cada segundo do vosso dia.

São, no total, oito ingredientes: Leite condensado vegan que podem comprar ou fazer em casa com qulquer bebida vegetal à vossa escolha, Extrato de Baunilha (ou arroma de baunilha), Chococolate para a cobertura, agar em pó, morangos, óleo de coco, natas vegan e aquafaba.

Não façam como eu, não usem uma caixa gigante para fazer os gelados. Vejam a largura da caixa de acordo com os paus que têm. Foi o meu erro foi ter feito gelados Maxi, depois para a cobertura não correu bem, porque ficaram muito pesados. Se não tiverem paus de gelado podem sempre meter no prato.

Anúncios

Sablés de Côco / Coconut Shortbread Biscuit

De volta à edição de receitas. Tenho partilhado tanta foto mas editar é sempre mais complicado. Neste último mês e meio aconteceu tanta coisa. Entrámos em confinamento, novamente, as escolas fecharam, meteram-se férias pelo caminho, aulas online, quarentenas… Impossível chegar a todo o lado.

Oreos

Voltei, voltei… Voltei de lá… Vim aqui rápido rapidinho só para vos contar e aliciar a fazerem estas maravilhosas bolachas Oreo. No fundo será um grande problema porque vão querer comer até a última migalha antes de conseguirem rechear todas. Verdade, ficaram tão boas assim!

Carcaça / Loaf

Carcaça! Faz parte das minhas memórias de infância. Como eu adorava comer manteiga com pão (isso, não era pão com manteiga) e molhar no leite com café (cevada). Bem… gostava e gosto. É daqueles prazeres que me fazem viajar no tempo.

A carregar…

Something went wrong. Please refresh the page and/or try again.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s