Carcaça / Loaf

Carcaça! Faz parte das minhas memórias de infância. Como eu adorava comer manteiga com pão (isso, não era pão com manteiga) e molhar no leite com café (cevada). Bem… gostava e gosto. É daqueles prazeres que me fazem viajar no tempo.

Anúncios

Porque é que o pão é tão bom?

Não me consigo decidir se gosto mais da parte exterior crocante ou pelo miolo fofo. Não sei, só sei que adoro pão e cada vez mais estou mais perto de ter pão em casa, caseiro, com o sabor e textura do pão da padaria.

Aqui na Bélgica não é fácil encontrar pão que não tenha ou leite ou ovos. Faz parte da cultura deles, Até hoje não encontrei uma padaria como as Portuguesas. O pão é vendido ou nos supermercados ou em pastelarias.

Anúncios

E vocês perguntam:

Afinal o que tem este pão de diferente?

Esta receita é ótima para quem aprecia o verdadeiro sabor do pão e é perfeito para quem quer ter pão quente de manhã.

O fermento aumenta a sua atividade a temperaturas de 23 a 30 graus e é por isso que quando se faz pão, dito normal, a água deve estar morna. Em temperaturas mais baixas as bactérias do fermento diminuem o seu metabolismo e produção de dióxido de carbono. Nesta técnica de FERMENTAÇÃO NO FRIO temos de ter cuidado para que a temperatura da massa não aumente e fazer uma primeira fermentação mais curta (apesar de eu gostar que a primeira fermentação seja de uma hora).

Outra questão a ter em conta, nesta técnica de fermentação a frio há a libertação de ácido acético. Se não gostam do pão com um sabor muito acentuado podem reduzir 1/2 g na quantidade de fermento. A temperatura ideal do frigorífico é 4 graus.

Pães de fermentação lenta são mais digestíveis e benéficos a saúde devido à quebra das proteínas que são os principais constituintes do glúten.

O formato pode ser à vossa escolha. Eu prefiro pães individuais porque são mais fáceis dos meus filhos usarem sem o nosso auxilio. São fáceis de congelar e no dia seguinte é so colocar no forno que ficam como se tivessem sido acabados de fazer. Tenho o hábito de fazer pães de 80/100 gramas perfeitos para a lunchbox e para uma sandes ao pequeno almoço.

Palmiers Vegan

Memórias. A vida é deita de memórias. Há cheiros que nos podem fazer viajar anos e anos, que despertam imagens adormecidas. Há memórias tão fortes que quase podemos sentir o cheiro e o sabor, memórias que , mesmo passando anos e anos, nos consegue soltar gargalhadas ou emocionar tal como quando aconteceu.

Keep reading

Pão de Azeitonas / Olive Bread

Como já sabem, eu adoro mimar os meus pequenos. E uma das formas que encontro para os surpreender é inventar receitas com os ingredientes que eles mais gostam. Esta receita é para a minha Alice e para todos que adoram azeitonas. A Alice devora azeitonas, todos os dias tem de levar uma caixinha para o almoço, nem que sejam uma ou duas.

Keep reading

A carregar…

Something went wrong. Please refresh the page and/or try again.

Bom apetite!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s