Palmiers Vegan

Memórias. A vida é deita de memórias. Há cheiros que nos podem fazer viajar anos e anos, que despertam imagens adormecidas. Há memórias tão fortes que quase podemos sentir o cheiro e o sabor, memórias que , mesmo passando anos e anos, nos consegue soltar gargalhadas ou emocionar tal como quando aconteceu.

Anúncios

Eu e o Renato estamos juntos há 21 anos. Já são mil e um momentos para recordar. Há memórias do nosso tempo de namoro que guardo com tanto carinho. Uma delas era o nosso lanche de final de dia, quando as minhas aulas acabavam. Sumo de laranja e um palmier. É algo que manemos até hoje, dividir sobremesas.

Quando o Renato viu sorriu imediatamente, aquele sorriso de reconhecimento que não requer palavras nem explicações. Mais um momento que fica gravado.

Claro que os meus pequenos adoraram. O Mateus foi o meu fiel ajudante. Esta receita tem por base massa folhada, mas express. O que quero dizer com express? Sim é caseira, mas foi feita em modo batota.

A massa é uma massa básica, baunilhada e ligeiramente doce. Pode ser tão doce quanto queiram, eu fiz q.b..

Então e o que é uma massa folhada express?

Não, não veio numa embalagem.

  1. Após fazer a massa cortamos a massa em pedaços iguais, abrimos a massa o máximo possível é pincelar com manteiga à temperatura ambiente e polvilhar com açúcar. Quanto mais aberta estiver mais camadas faz.

2. Depois enrola-se, tentem fazer um rectângulo melhor que os meus.

3. Depois de tudo enrolado dobra-se.

4. E por fim cortamos ao meio e ficam lindos assim.

Anúncios

Amanhã, quando os repetir para domingo, vou cortar até mais á ponta nao deixando tão alto no final. Acho que ficara um coração mais bonito. Farei um upload posterior com essa alteração.

Depois de assados, e nós gostamos deles mais para o tostado, ficamos com lindos corações. Claro que não é o típico palmier de pastelaria, esses demoram mais horas e tem outros passos, mas estes são igualmente bons, crocantes e saborosos.

Sablés de Côco / Coconut Shortbread Biscuit

De volta à edição de receitas. Tenho partilhado tanta foto mas editar é sempre mais complicado. Neste último mês e meio aconteceu tanta coisa. Entrámos em confinamento, novamente, as escolas fecharam, meteram-se férias pelo caminho, aulas online, quarentenas… Impossível chegar a todo o lado.

Keep reading

Oreos

Voltei, voltei… Voltei de lá… Vim aqui rápido rapidinho só para vos contar e aliciar a fazerem estas maravilhosas bolachas Oreo. No fundo será um grande problema porque vão querer comer até a última migalha antes de conseguirem rechear todas. Verdade, ficaram tão boas assim!

Keep reading

Carcaça / Loaf

Carcaça! Faz parte das minhas memórias de infância. Como eu adorava comer manteiga com pão (isso, não era pão com manteiga) e molhar no leite com café (cevada). Bem… gostava e gosto. É daqueles prazeres que me fazem viajar no tempo.

Keep reading

A carregar…

Something went wrong. Please refresh the page and/or try again.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s